Halipar compra parte da Croasonho e entra no Rio Grande do Sul

O Estado de S.Paulo

07/06/2017 | 17h07    

Rede Croasonho, criada em Caxias do Sul, fará companhia às marcas Griletto, Montana Grill, Jin Jin Wok e Jin Jin Sushi.

Compra da Croasonho alça a holding Halipar à terceira colocação entre os grupos de franchising no ramo de alimentação no mercado nacional em número de unidades

Compra da Croasonho alça a holding Halipar à terceira colocação entre os grupos de franchising no ramo de alimentação no mercado nacional em número de unidades Foto: Marcelo Soares/Croassonho

A criação de uma rede de lojas especializada na venda de croissants recheados é uma ideia que dá certo. E muito. Com origem em Caxias do Sul, a Croasonho reúne 72 unidades em 17 estados e fatura R$ 110 milhões ao ano. De olho nesse potencial todo, a Halipar (Holding de Aimentação e Participações) comprou parte do negócio e hoje é a maior acionista da marca.

A aquisição catapultou a holding para a posição de número três no mercado nacional de franchising no ramo de alimentação no tocante ao número de unidades. A Halipar administra agora mais de 400 lojas em 24 unidades da federação e prevê faturamento de R$ 700 milhões em 2017. Com essa compra, a holding enfim penetra no Rio Grande do Sul. Segundo comunicado emitido pela Halipar, a meta é alcançar a marca de mil unidades e um faturamento de R$ 1,3 bilhão até 2020.

 Dentro da Halipar, a Croasonho terá a companhia das marcas Griletto, Montana Grill, Jin Jin Wok e Jin Jin Sushi. “Desde a criação  da Halipar, trabalhamos com os olhos atentos ao mercado à procura de marcas consolidadas no segmento de alimentação e que  sejam complementares às operações que já temos. A Croasonho atendia esses requisitos, tanto em produto quanto em atuação  geográfica, e houve o interesse de ambas as partes de unir forças”, disse Ricardo José Alves, CEO da Halipar.

Mais de metade das unidades da Croasonho (60%) está na Região Sul. A administração da marca permanece em Caxias do Sul, a  cargo dos atuais gestores. Em breve será criado um comitê de integração.  “Vamos aproveitar a expertise da Croasonho para ampliar a participação da holding no Sul e o potencial da Halipar para levar a Croasonho para outras regiões do país, além de ganharmos escala de fornecimento e logística para atingirmos melhores resultados de nossa rede de franqueados”, afirmou Eduardo Silva, diretor-executivo da rede.

De acordo com pesquisa do Instituto Foodservice Brasil, por meio de dados da Consumer Reports on Eating Share Trends (CREST), o faturamento do setor de foodservice, ou alimentação fora do lar, cresceu 5,2% em 2016 no Brasil. Para 2017, o setor projeta crescimento de 10,9%.